sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Feliz Aniversário, Palmeiras! 97 anos de Glórias

A história do Palmeiras é, disparadamente, a mais bela de todos os clubes. Podemos resumir a história do clube em superação, em conseguir resolver todos os seus problemas com o apoio da sua imensa massa e ainda por cima se tornar o maior Campeão do Século XX, superando qualquer time, até o temível e sensacional Santos do Rei do futebol, Pelé.
Os imigrantes italianos que desembarcaram no Brasil buscando uma oportunidade justa de trabalho – assim é o sangue italiano, digno – encontraram na tecelagem um meio de vida. Perto da região da Água Branca, a Companhia Antárctica criava uma área de lazer para seus funcionários. Diante disso, os italianos fundaram o Palestra Itália, em 26 de agosto de 1914. Aquele dia, histórico, marcou o início de uma vida legendária, recheada de títulos e vitórias importantes.
Diversos craques, ao longo desses 97 anos, vestiram a nossa camisa. Podemos destacar Ademir da Guia, Leivinha, César Maluco, Edmundo, Evair e tantos outros que colaboraram para a galeria de taças crescer cada vez mais.
Entre os títulos mais importantes, o Mundial de 1951 não pode ser jamais esquecido. O Palmeiras conseguiu resgatar a glória e o orgulho brasileiro, perdido um ano antes após a derrota para o Uruguai, na final da Copa do Mundo, no Maracanã. O “Maracanazzo”, como ficou marcado aquela partida, destroçou o orgulho de milhões debrasileiros que temiam pelo futuro do futebol nacional. Um ano depois, o Verdão bate a Juventus de Turim, no mesmo estádio que o Brasil perdeu a Copa, e é saudado por todos os cariocas e brasileiros como legítimo Campeão do Mundo. O Primeiro Campeão do Mundo.
A Academia, na década de 1970, foi exemplo de pioneirismo. Diversos títulos conquistados sob a liderança do maestro, do até leviano Ademir da Guia. Ademir brincava com a bola, com os pés, com a arte de jogar futebol. Calmo, tranquilo, o jogador flutuava no campo e foi considerado um dos maiores jogadores do futebol brasileiro, mesmo não tendo sorte com a camisa verde e amarela.
Depois de 17 anos de jejum, o Palmeiras exagerou de comemorar títulos na década de 1990. O ponto de partida da comemoração foi o Paulistão de 1993, enfiando uma goleada gostosa no Corinthians, em plenoMorumbi, por 4 a 0, e sagrando-se Campeão Paulista. Evair e Edmundo só não fizeram chover…
Em 1996, o Palmeiras quebrou mais um recorde importante: foi o time que mais fez gols na era profissional. Recorde nunca batido, por nenhuma equipe no mundo. Liderado por Rivaldo, Muller, Djalminha e Vanderlei Luxemburgo, o time enfiava goleada atrás de goleada, e levantou o Paulistão com o melhor índice da história do futebol profissional.
Já em 1999, a consagração: depois de levar o caneco da Copa do Brasil, em 1998, O Verdão foi classificado para disputar a Libertadores de 1999 e, sob o comando do técnico Luiz Felipe Scolari, foi Campeão, eliminando diversos times como Corinthians, River Plate, Vasco e levando a taça contra o Deportivo Cáli, da Colômbia.
O início do Século XXI não tem sido muito bom. Apenas o Brasileiro da Série B e o Paulistão de 2008 foram levados pelo Palestra. Mas o orgulho da sua imensa torcida, a alegria e as cores da nossa camisa prevalecem hoje como uma verdadeira religião, uma verdadeira fé. O torcedor e associado se prepara para receber a grandiosa Arena Palestra Itália, que será o futuro cartão postal da cidade de São Paulo. Cheio de curvas, cores e tecnologia de ponta, o estádio foi construído com recursos próprios e não visando jamais Copa do Mundo. Para o palmeirense, o que interessa é ser digno e ver sua equipe jogar na sua casa. E que bela casa, no????
Parabéns Palestra Itália, que morreu líder e viu o Palmeiras nascer Campeão, em 1942. Quando os burgueses resolveram sumir com a bola, após levar uma goleada na primeira etapa. São essas histórias que precisam ser contadas para nossos filhos, netos, bisnetos. O orgulho palmeirense jamais pode ser ferido!
Parabéns pelos 97 anos, Palestra do nosso coração!







Palmeiras Campeão Mundial 1951.





Homenagem ao Palmeiras


←  Anterior Proxima → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário