sexta-feira, 18 de março de 2011

Palmeiras apagou incêndio para segurar Felipão.



Luiz Felipe Scolari e Arnaldo Tirone tiveram uma conversa séria nesta sexta -feira. Felipão deixou claro para o presidente do Palmeiras que não quer sair do clube. E mais claro ainda que, se a diretoria cogita mandá-lo embora, deveria demiti-lo imediatamente. Seria mais justo tomar essa decisão enquanto ele é assediado por outros clubes e não em um ou dois meses.

É de conhecimento público que Sporting (Portugal) e Fluminense querem Felipão. Se ele ficar desempregado, o Santos também deve procurá-lo. Questionado sobre o interesse despertado pelo treinador, Roberto Frizzo deu entrevistas dizendo que caberia exclusivamente ao técnico decidir. ”Se quiser ir, pode”, disse ele.

As declarações de Frizzo não são exatamente as que um treinador gostaria de ouvir de seu chefe. Junte esse episódio aos constantes dissabores que Felipão tem enfrentado, como o corte da nutricionista na concentração e críticas de conselheiros ao valor de seu salário. Temos, então, o roteiro que levou Felipão a encostar a diretoria na parede.

A reação de Tirone foi segurar seu treinador. Disse a ele que quer mantê-lo até o fim do contrato. E repetiu isso em entrevistas.

Por um lado, as manifestações públicas do presidente acalmam Felipão. Mas, por outro, demonstram um certo descompasso com as declarações de Frizzo. O vice-presidente, aliás, já coleciona críticos na diretoria. Principalmente por muitas vezes não falar a língua do técnico, não demitir funcionários contratados pela gestão anterior e por sua afinidade com o gerente-administrativo Sérgio do Prado. O funcionário enfrenta um abaixo-assinado de conselheiros que querem sua demissão.

Tirone parece ter convencido Felipão de que não há fritura visando se livrar de seu alto salário. O incêndio foi controlado. Agora, aliados do presidente esperam que a presença dele seja mais constante no departamento de futebol. Daria respaldo maior a Scolari.

A assessoria de imprensa de Felipão não foi localizada pelo blog para comentar o assunto.
Compartilhar:
Anterior Proxima Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Scroll To Top